Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AO CORAÇÃO

     AO CORAÇÃO

Sinto- te agora, coração, precisamente
Como quisera te sentir a vida inteira:
Batendo calmo, ritmado, normalmente
E não em louca disparada, em atroz carreira...

Eu sabia que o teu pulsar incoerente
Agitado e revolto dava-te canseira
Mas tu o preferias, pobre inconseqüente,
Não me ouvias, batias à tua maneira...

Despertaste, porem, mostrando teu valor
Batendo compassado, sem dor, ou emoção,
Lentamente pulsando sem agitação.

Vai sempre assim meu querido amiguinho,
Batendo devagar, batendo de mansinho
Sem ter saudades de um louco e falso amor...,

Linandre
Enviado por Linandre em 24/06/2012
Código do texto: T3742106

Comentários

Sobre a autora
Linandre
Itabira - Minas Gerais - Brasil
244 textos (20648 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/04/20 14:06)
Linandre