Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha Quimera

Como a visse no momento em que sonhava
Entrelaces de paixões inebriantes
Pensamentos que me fogem inconstantes
Na quimera de que um tempo te alcançava

Teus cabelos, uma vez soltos, que eu fitava
Me cegaram o compromisso que fizera
Ah! minha alegria estar em outra era
Quando em teu seio, minh’alma repousava

Neste sólido recanto te ausento
O meu alento é fugir deste instante
Que de amores me restou tormento

Se teu seio, em outros braços, já cativo
Já se vai o meu intrépido instante
E neste verso eu já não mais vivo.
Moisés Lopes
Enviado por Moisés Lopes em 14/02/2007
Reeditado em 16/02/2007
Código do texto: T380588
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Moisés Lopes
Curitiba - Paraná - Brasil, 36 anos
305 textos (13738 leituras)
2 áudios (143 audições)
1 e-livros (71 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 04:49)
Moisés Lopes