Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NAS ÀRVORES AS MAÇÃS



No doce luzir das grávidas maçãs,
Nas cerejeiras em flor – vermelhas,
É que nascem plenas as manhãs,
Nas árvores prenhes como centelhas.

No chilrear dos pássaros pela tarde,
No regresso ao ninho cheios de vida,
Abre-se o céu com estrondoso alarde,
Na sua ida e vinda trazendo comida.

E já espreitando ao longe vem a noite
E a sombra dos gatos é passageira,
Cruzam-se connosco como num açoite,

Escondendo-se nos becos e ruelas –
E é no cimo daquela macieira
Que as maçãs mostram o que é delas.

Jorge Humberto
15/02/07
Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 16/02/2007
Código do texto: T383810

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 54 anos
2650 textos (69834 leituras)
22 áudios (947 audições)
13 e-livros (548 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 03:20)
Jorge Humberto