Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMAR ACIMA DE TUDO




Hoje não vos venho falar de amor
Mas de ciúme, esse algoz fútil,
Que leva a crer no desamor,
Por ser qualquer coisa de inútil.

O ciúme é uma doença como qualquer
Outra, faz de nós seres irracionais,
E quando, enfim, tem o que ela quer,
Torna-nos em simples animais.

Melhor é amar sem precedentes,
Mesmo que não alcancemos o desejo
De nossa realização, fincar os dentes

E agarrarmo-nos a isso como quem
Já perdeu tudo, e tem nesse ensejo
O eterno amor de alguém.

Jorge Humberto
18/02/07
Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 18/02/2007
Código do texto: T385750

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 54 anos
2650 textos (69834 leituras)
22 áudios (947 audições)
13 e-livros (548 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 08:43)
Jorge Humberto