Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO DA FIDELIDADE

Prometo. Prometo ser fiel a toda hora...
Apagar do sonho, a vizinha aqui do lado
Que tem a cara da Luana e um costado
Que o da versão Juliana Paes desafora

Sempre e sempre comer a mesma comida
Repetir e repetir e fazer cara de contente
Discutir a relação em silêncio penitente
Desligar o futebol bem no meio da partida

A renúncia que é dura, prometo de coração
Mas se atente ao detalhe, preste sua atenção
Repito mais uma vez, o prometido tão nobre

A promessa é literal, vigente a partir de agora
Mas eu disse que prometo, ser fiel a toda hora...
Que seja par, divisível por três e nada s(ó)bre.


Epa!: Zero hora existe? Ah, promessa é promessa...:)

(A pedidos e para fechar a seção besteirol, "assista", a seguir, mais um Capitulo da novela "A Saga de Jeitosinha"...:)
Lobo da Madrugada
Enviado por Lobo da Madrugada em 02/03/2007
Reeditado em 04/03/2007
Código do texto: T398780

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Lobo da Madrugada
Curitiba - Paraná - Brasil
828 textos (402260 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/20 16:06)
Lobo da Madrugada