Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto de Fogo

O ardor que na branda chama ardia,
Cede ao rosto juvenil que na rua vejo.
E que abriu-me a vibração do desejo,
Por tentar te conquistar naquele dia.

Como na fogueira tanto se incendeia,
Nas terrentes lâminas do teu beijo,
Numa tarde tépida com voraz sobejo,
De tanto beijar aquela boca sorvia.

Afortunada a flama que se atreve
Ver triunfar seus pavores e pensamentos
Nos músculos que na alcova tremer deve!

Namoramdo aquela diva dos Elementos
Que queimam o íntimo dos vis tormentos
Ó afrodite tem dó deste ser breve.

                            Herr Doktor
HERR DOKTOR
Enviado por HERR DOKTOR em 09/03/2007
Reeditado em 26/09/2008
Código do texto: T406502

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
HERR DOKTOR
Camboriú - Santa Catarina - Brasil
674 textos (24387 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/20 11:54)
HERR DOKTOR