Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Num delírio de loucura

Louco que fui, amei a luz no céu
e, louco, amei a luz do teu olhar,
não tive sanidade pra notar
que a luz do teu olhar não foi fiel,

não me mostrou o amor correspondido,
o teu olhar perdeu o seu calor.
Custei a acreditar, e sofro a dor
da insanidade deste amor perdido.

O amor se foi, e pago com loucura
a insensatez de ter amado mais
que a própria vida, e elevado ao céu

a tua imagem plena de ternura.
E, no delírio que a loucura traz,
cobri meus olhos com um imenso véu.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 20/08/2005
Código do texto: T44066
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 72 anos
936 textos (290448 leituras)
36 áudios (11173 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/07/20 22:51)
Paulo Camelo

Site do Escritor