Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Palavras <texto recuperado>

Alguém, um dia disse a mim, que, o soneto.
Era apenas, um jogo de palavras cruzadas.
Que, se bem colocadas, formariam, versos.

Sem inspiração; como poesias programadas.

Posso estar errado, mas não penso, assim.
Pode ser, um jogo, mas, um jogo, de amor.
Que flui da alma, e chegam as nossas mãos.
 Fazendo a diferença; entre o amor e a dor!

Sejam poetas, escritores, eles têm na mão.
O poder de mudar, e construir com palavras.
Verdadeiros hinos; em defesa da verdade.


O soneto não e só um mero, jogo de palavras.
E um jogo de sentimentos, na luta pelo bem.
E prova que o poeta; não é apenas, sonhador.

 
Volnei Rijo Braga
Balneário dos Prazeres: 06 / 08 / 2013
 
 
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 06/08/2013
Código do texto: T4421668
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
2317 textos (155553 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/21 19:06)
Volnei Rijo Braga