Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Um grande amor
 
Ela chegou num dia qualquer, ao entardecer.
Dizendo estar sozinha precisando de guarida
Abri a porta sem nada dizer ela foi entrando
Como quem nada quer, entrou na minha vida.
 
Numa manhã qualquer ao romper da aurora
Simplesmente me olhou e disse, eu vou partir
Assim como ela veio, ela estava indo embora
Em seus olhos, muita tristeza ao se despedir.
 
Ela não chorou, mas em seu olhar havia dor
Pedi pra ela ficar, ela me disse que não podia
Perguntei-lhe o motivo, ela preferiu o silencio.
 
Um ultimo beijo que permanecerá pra sempre
Em minha lembrança, e vou sentir saudades
Porque jamais se esquece; um grande amor!
 
Volnei Rijo Braga
Pelotas: 10 / 08 / 2013
 
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 12/08/2013
Código do texto: T4431025
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
2317 textos (155552 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/21 20:48)
Volnei Rijo Braga