Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não sinta saudades
 
Não sinta saudades ainda estou aqui
Não importa o tempo seremos eternos
Em nosso pensamento em nossa vida
 E aqui estarei nos próximos invernos!
 
Não importa as Primaveras que viram
Nem os Verões, que eu terei de viver.
No Outono eu quero teu sono embalar
No frio do Inverno teu corpo aquecer!
 
Eu quero ser o entardecer a tua aurora
Realizar teus sonhos através do tempo
Não importa a estação eu vou te amar!
 
Só penso em nós, num futuro distante
Viver este amor que avançou no tempo
Porque o destino quis, que assim fosse!
 
Volnei Rijo Braga
Pelotas: 16 /08 / 2013
 
Estes humildes versos foram inspirados no poema
Sinto saudade de autoria da poetisa, Gio Amor!
 
 
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 16/08/2013
Código do texto: T4436933
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
2317 textos (155553 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/21 19:54)
Volnei Rijo Braga