Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não Aguento Mais (soneto ao contrário)

Não dá mais, estou no meu limite
Se cair um gota eu transbordo
Um tinido no escuro, acordo.

Se der mais um passo, tendinite
Nas costas, o peso que carrego
Se se por mais uma pena eu quebro.

Estou a dois passos de jogar
Tudo que fiz e tudo que sou
Para o ar; vida nova, um lugar
Em que o velho sonho que ficou

Na infância seja mais que lembrança
A martelar, sem parar, cessar:
Eu era seu sonho: se esqueceu.
Eu era seu rumo: se perdeu.
Alê Campos
Enviado por Alê Campos em 04/11/2013
Código do texto: T4556956
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Alê Campos
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil, 32 anos
46 textos (1736 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/05/21 01:03)
Alê Campos