Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dadinhos do amor

Meros cubos de acrílico que, se lançados,
Nos lançam em suas combinações infindas,
Sugerindo caminhos antes nunca trilhados
Pelos descaminhos deste seu corpo ainda.

O primeiro, indica carinhos em verbos expressos
De assoprar, morder, lamber, massagear, beijar,
Deixando que escolhamos a sexta face no verso,
Para os outros tantos no momento de nos amar.

O outro indica seu corpo, os locais onde o fazer,
As posições a assumir nestes sublimes momentos,
Quando nos empenhamos no instante deste lazer.

E em suas múltiplas combinações sequer insinua,
Que tudo, repleto de carinho e com sentimentos,
Será feito com todo o amor enquanto você flutua.
LHMignone
Enviado por LHMignone em 22/02/2014
Código do texto: T4702233
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
LHMignone
Mimoso do Sul - Espírito Santo - Brasil
1406 textos (399322 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/19 19:56)
LHMignone