Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Incessante procura

Porém persisto, procurando a paz
pelas esquinas desse mundo vil
que me sufoca, pelas mais de mil
encruzilhadas e por muitos mais

lugares, percorrendo, sem cessar.
Procurarei no mundo em que eu existo
e em outros mundos mais, se é que nisto
eu posso acreditar. E vou catar

como quem cata agulha num palheiro,
e vou achar a paz. Pra isso eu vim
pedir ajuda, pois eu vou atrás

de minha paz. O teu amor inteiro
eu já não tenho. Eu peço a paz, enfim,
se teu amor pedir não posso mais.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 02/09/2005
Código do texto: T47172
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 72 anos
936 textos (290330 leituras)
36 áudios (11172 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/07/20 14:09)
Paulo Camelo

Site do Escritor