Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desta vez peço perdão

Se teu amor pedir não posso mais
e se não posso mais pedir por mim,
se inveterado no pedir, enfim,
farei o quê? Se eu já pedi demais

na minha vida inteira de conquista
e de derrota, o que é que pedirei
neste momento? Eu mesmo já não sei
que vício é este. E, mesmo que eu insista,

eu já pressinto qual tua resposta.
Em meu pedido eu uso insensatez,
e muitas vezes já te dei razão

pra recusar. Essa recusa imposta
a mim fecha a questão. E desta vez,
sem ter o que pedir, peço perdão.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 02/09/2005
Reeditado em 03/09/2005
Código do texto: T47175
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 73 anos
939 textos (294082 leituras)
36 áudios (11340 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/07/21 23:54)
Paulo Camelo

Site do Escritor