Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
 
A deriva
 
 Como um barco a deriva,
Vago sozinho, buscando um cais.
Onde ancorar minha vida,
Sentar e sonhar, partir jamais.
 
Quero fazer parte do mundo,
Do qual fujo, sem saber a razão.
Talvez seja tarde, eu não sei,
O tempo me dirá, se fico ou não.
 
Como saber, o nosso destino,
Nem mesmo onde ele esta escrito.
Tudo o que sei e o que dizem.
 
Mas, eu estou cansado demais,
De ser clandestino a bordo do nada,
Ancorado a um cais que não existe.
 
Volnei Rijo Braga
Pelotas: 03 / 07 / 2014
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 03/07/2014
Código do texto: T4868618
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
2317 textos (155552 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/21 20:11)
Volnei Rijo Braga