Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solitário
 
 
Eu só queria que você soubesse,
O quanto e triste ficar sozinho.
Num quarto onde só tem silencio,
É a solidão quem me faz carinho.
 
Minhas auroras, não têm alegria,
Meus crepúsculos, só têm tristeza.
Os meus dias, não têm mais cores,
E minhas noites, têm a sua frieza.
 
Igual uma folha seca sendo levada
Pelos ventos que sopram no outono
Num canto solitário, eu fui jogado.
 
Serei apenas eu, num inverno triste,
Pedindo a primavera que chegue logo,
Trazendo, o amor que me foi negado!
 
Volnei Rijo Braga
Pelotas: 05 / 07 / 2014-07-05
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 05/07/2014
Código do texto: T4870351
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
2317 textos (155553 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/21 19:25)
Volnei Rijo Braga