Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HORA DA MORTE - TRANSIÇÃO






Quero fazer de minha morte uma aventura,
onde tudo transcorra, de maneira natural.
Não quero flores sobre a minha sepultura,
eu sigo em paz, pra algum lugar do astral.

Vou seguir de braços dados com a morte,
sem os traumas que a mudança possa ter.
Vou tranquilo, pois sei qual é o meu norte,
pois meu destino, é o lugar que  merecer.

Muito em breve retornarei em outro corpo,
para cumprir uma nova etapa no planeta,
onde eu recolho as sementes que plantei.

Eu nunca tive uma salvação como escopo,
pois eu nesta vida, atuei como o estafeta,
eu estou feliz com a mensagem que deixei.


 03/08/2015 -VEM

Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 15/08/2015
Código do texto: T5346904
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (122104 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/03/21 16:43)
Vanderleis Maia