Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



                                                                                     


             ANGÚSTIA

Não criei para mim tão grande amor
pois em nosso viver nada se cria;
somente achei caminho de esplendor
que me trouxe também muita harmonia.

Ficou tudo, porém, desolador
e terminou também toda a euforia;
restando para mim só desamor
eu me vi numa estrada que angustia.

Na natureza tudo se transforma
e assim, sem nenhum medo, com firmeza,
em toda a minha vida eu fiz reforma.

Mas fiquei muito só, com a certeza
de que a Mãe Natureza não transforma,
pois deixou minha vida sem beleza.



                                                        (Soneto decassílabo)
Alda Corrêa Mendes Moreira
Enviado por Alda Corrêa Mendes Moreira em 06/07/2007
Reeditado em 06/12/2008
Código do texto: T554694

Comentários

Sobre a autora
Alda Corrêa Mendes Moreira
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
213 textos (16052 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 03:34)
Alda Corrêa Mendes Moreira