Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


                       P O L O S
           O inverno se junta ao estio
           o estreito se espalha na largura
           profundidade se une com altura
           imensidão se enche de vazio...

           Carência se acopla com fastio
           a reta se liga em curvatura
           penetram-se o puro e o impuro
           nos entranhamos nós mar e rio...

           A natureza se veste em vitriol
           se aderem rosas e crisântemos
           muitos se agrupam com poucos

           Minúsculos se aliam a supremos,
           e os limites se limitam nos polos
           e se tocam afinal nos extremos.


.




    PS. SONETO TRADUZIDO  POR MIM
          ADAPTADO EM ALGUMA PARTE
          DO SONETO DO POETA ANÍBAL
          SILVERO...
            

 
Alkas
Enviado por Alkas em 02/11/2016
Reeditado em 05/11/2016
Código do texto: T5810608
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alkas
João Pessoa - Paraíba - Brasil
5466 textos (371016 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/11/19 07:07)
Alkas