Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO VOCÊ CHAMA MEU NOME

Quando você chama meu nome
Arrepia-me até a espinha
Desaparece a sede, a fome...
Não me percebo sozinha.

O vazio simplesmente some
Por um momento da vida minha
Como o alimento p’ra quem come
E antes o pão de cada dia não tinha.

Quando você chama meu nome
Eu atendo como quem já vinha
Tal a súdita para a rainha

Sem que um segundo se some
E antes que você a vida me tome...
Ah... a vida não é mais minha!

29/11/2016
Viviane Marques Miranda
Enviado por Viviane Marques Miranda em 29/11/2016
Reeditado em 29/11/2016
Código do texto: T5838891
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Viviane Marques Miranda
São Paulo - São Paulo - Brasil
115 textos (11380 leituras)
6 e-livros (343 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/19 16:51)
Viviane Marques Miranda