Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SUA SEARA DOURADA É MEU ABRIGO

Convide-me para sentar ao seu lado,
Sorria para mim e converse comigo,
Tocando meu braço com cuidado
Enquanto seus gestos, extática, sigo.

Fale-me devagar com seu tom delicado,
Alívio da vida cheia de pena e castigo.
Sua serenidade é um bucólico prado,
Seara dourada de que faço meu abrigo,

E onde apascento como faminto gado.
Você é p’ra mim tal para o pão é o trigo,
Como para o corpo é o intestino delgado,

O alívio da comida que com fome mastigo;
A esmola para meu coração mendigo,
Que jaz por uma flecha atravessado.

01/12/2016
Viviane Marques Miranda
Enviado por Viviane Marques Miranda em 01/12/2016
Reeditado em 01/12/2016
Código do texto: T5840435
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Viviane Marques Miranda
São Paulo - São Paulo - Brasil
115 textos (11380 leituras)
6 e-livros (343 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/19 16:54)
Viviane Marques Miranda