Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto a Pequena Vitória

O que posso falar de ti em versos
Se és flor tão pura, viva e bela?
Tens na beleza a terna luz singela
Que prende olhares, antes tão dispersos.


És o sol, és sublime ante a procela
Em que antes nos sentíamos tão imersos.
Sem ti, noites e dias tão adversos!
Por ti, novo cenário, nova tela...


És a pintura frágil e admirada
Pra quem busca belezas infinitas
Nas ilhas mergulhadas de memória.


E por tua vida ainda a ser traçada
Diz os meus versos coisas nunca ditas:
 - Que em teu olhar há brilho de vitória!
Tulio Rodrigues
Enviado por Tulio Rodrigues em 13/08/2007
Código do texto: T605098
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Tulio Rodrigues
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil, 36 anos
109 textos (6651 leituras)
9 áudios (308 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/05/21 13:04)
Tulio Rodrigues