Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEUS PEDAÇOS:




Meus pedaços:


Sob minha porta, uma carta jogada.
Sem ler o nome do remetente, chorei.
Pois eu já sabia, que a carta era sua.
Só não sabia que era, a sua despedida.

Li sua carta, lembrei, o dia que chegou.
E como chegou, sem nada dizer, ficastes.
Aceitei-te, nos aceitamos, sem palavras.
Amei-te, nos amamos, no silencio saístes.

Deixou minha vida, como, quando chegou.
Quase nada tinha, só o amor, que me deu.
Hoje, na sua mala, meu amor, junto levou.

Sua carta, ali a joguei de volta, sob a porta.
Na esperança, que voltes, para que recolhas.
Meus pedaços, e os coloque no lugar de volta.






Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 21/10/2005
Código do texto: T61750
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
2317 textos (155170 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/12/20 09:00)
Volnei Rijo Braga