Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O reverso do eu



Chegaste de mansinho, invadiste o meu mundo
Com palavras doces, sábias, ditas na hora certa
Conduziste-me a uma real incerteza
Nego! Não me levaste eu me deixar levar.
É o preço que pago  por  ser romântica
 Inveterada..


Por amor, e  quere levar uma vida ilimitada
Por sempre viajar nos caminhos do amor
Por sempre me entregar sem regras
Sem pensar, que  o outro pode
Estar traçando linhas, programadas.
Inusitadas...

Mas, você mesmo sem pensar
Trouxe-me de volta ao mundo vão
Acordei! Meu querido, e vi
Que era tudo ilusão...
Obrigada! Obrigada, por me fazer
Acordar...

Decepção, e mágoa. Ah!Isso tudo vai passar
Só vai restar a lembrança da minha grande capacidade de amar...
E de você meu querido, como pude me enganar
Mas, você passou , e me ajudou a reencontrar.
E me distanciar do..
 reverso do meu eu
Que teima sempre em amar.. .amar  ...amar

Leandra Telles
Enviado por Leandra Telles em 23/08/2007
Código do texto: T620320

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Leandra Telles
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
111 textos (3481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 01:06)
Leandra Telles