Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O SER QUE AMANHECE EM MIM.

O ser que amanhece em mim,é diferente,
Parece não ter costumes com este mundo,
Demora à habituar-se muito ressente-se,
É como fosse uma semente nada fecunda.

Com boca amarga e palpitação no coração,
O meu corpo começa o dia estranhamente,
Mas dependendo do que eu vejo sinto tesão,
Me recomponho na construção do elemento.

Cenas dispersas são fatos em todos os dias,
Parece encosto ou ha vontade de me tomar,
Não descuido e desprezo a tais companhias.

Muitos seres congraçando o mesmo corpo,
Cabendo a mim designar um pra dominante,
Não sendo assim este meu viver vira sufoco.
                   (Miguel Jacó)

15/01/2018 15:17 - Jacó Filho

NÓS EM MIM

A reger este universo de Deus, a réplica,
Meu espírito acolhe bilhões de criaturas...
Na síntese do que fui, até a desenvoltura,
Desde o mineral até a dimensão angélica...

Ações instintivas dum cérebro reptiliano,
Significa avanços considerados incríveis...
Estágios pré-humanos ainda perceptíveis,
E sendo aprimorados, há milhões de anos...

Aprendendo comigo enquanto me servem,
Os irmãos menores, na escalada evolutiva,
Ajudam nas funções, inclusive, digestivas...

Emanados em Deus os planos convergem,
Alunos e mestres, numa jornada assertiva,
Feito copia do cosmos numa criatura viva...

(Reedição)Parabéns! E que Deus nos abençoe e nos ilumine... Sempre...
Para o texto: O SER QUE AMANHECE EM MIM. (T6225228)

Boa tarde nobre alfaiate das letras Jacó Filho, muito obrigado por esta luminosa interação aos meus pacatos versos, um abraço, MJ.
PUBLICADO NO FACE EM 13/01/2014
Miguel Jacó
Enviado por Miguel Jacó em 13/01/2018
Reeditado em 15/01/2018
Código do texto: T6225228
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Jacó
Taubaté - São Paulo - Brasil, 61 anos
2977 textos (172791 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/04/18 11:47)
Miguel Jacó