Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TUDO QUE FUI...

Pela fresta da janela uma linha de luz,
Que morre no travesseiro e me seduz,
Pois me lembra uma antiga ligação,
O bater do meu peito no teu coração.

Ou seja, um coração que não me pertence,
Que de forma tão latente o sangue flui,
Embora cada pulsar seja tão patente,
Mas o que agora bata não mas influi.

Meu corpo de minha alma está envergonhado,
Pois antes estava tudo tão bem planejado,
Agora tão fechado dos sonhos não usufrui.

Quem sabe se pela mente seja invejado,
Pois embora não bata de tanto ter apanhado,
Mesmo assim ainda diz tudo o que fui.
Inaldo Santos
Enviado por Inaldo Santos em 28/01/2018
Código do texto: T6238341
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Inaldo Santos
Recife - Pernambuco - Brasil, 58 anos
1001 textos (18635 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 13:07)
Inaldo Santos