Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONFISSÃO




 Que sinto a tua falta imensamente
 é mais uma fraqueza que eu confesso,
 pois, quando partes, fico tristemente
 contando as horas para o teu regresso.


 E, sempre que tu voltas novamente,
 repondo o meu passado em retrocesso,
 entendo que é por ti querer somente
 que me empenho em fazer algum sucesso.


 E, agora, que voltaste, comovida,
 faço preces a Deus,   agradecida
 por toda esta ventura que me invade ...


 Pois se te ausentas  sei,  e não me iludo,
 que a minha vida pára, pára tudo,
 só não pára de doer minha saudade ! ...

   Maria Nascimento Santos Carvalho
   Site : www.marianascimento.net
Maria Nascimento
Enviado por Maria Nascimento em 25/08/2007
Código do texto: T623913
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Nascimento
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 72 anos
904 textos (45709 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 02:44)
Maria Nascimento