Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

C H O R U M E L A !

"Não se tem razão quando se diz que o
tempo cura tudo: de repente, as velhas
dores tornam-se lancinantes e só morrem
com o homem."            (Ilya Ehrenburg)

     C H O R U M E L A !

Ela na minha coluna fez morada
Dói aqui, acolá, quase todo dia;
Nem mesmo essa tal "fisioterapia",
Consegue por um fim nessa dor danada!

Ela me põe sempre e tanto em agonia
Que até não consigo amar a minha amada;
E antes que me faça a vida atarantada,
Eu me consolo nos versos da poesia!

Às vezes, fico prostrado na janela,
Esperando a dor vir com seu fardo eterno
Pra que eu possa atirar na cabeça dela.

Nesta minha "sonetável" chorumela,
Só não mando esta malévola pro inferno,
Porque senão tenho que ir junto com ela!

20/10/2017 - DILSON/SPVA/NATAL/RN.
DILSON POETA
Enviado por DILSON POETA em 14/03/2018
Código do texto: T6279275
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DILSON POETA
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 67 anos
1704 textos (88786 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/18 15:49)
DILSON POETA