Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nossos Prantos



A noite chora lágrimas de orvalho;
A lua beija as pétalas das flores;
O sono traz da vida em seus atalhos,
Um arco-íris de sonhos multicores!

Sonha o plebeu, cansado do trabalho;
A meretriz vendendo os seus favores;
Sonha o perverso rei dos atos falhos,
Sonham poetas, leigos e doutores!

Na noite adentro o tempo envolve a gente
Com suas asas de mágicos encantos
E sonhamos viver eternamente...

Cada sonho é cantiga de acalanto
Que em seu gesto sublime, docemente,
O universo responde aos nossos prantos!
Ciro Di Verbena
Enviado por Ciro Di Verbena em 29/08/2007
Código do texto: T629570
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ciro Di Verbena
Votorantim - São Paulo - Brasil
229 textos (9333 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 06:32)
Ciro Di Verbena