Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Mulher
 
Criatura deste injusto universo
Nada com um fado quase traçado;
Ela terá que mudar o seu fado
Porque dele, sempre, sente o reverso.
 
Muito da sua vida é perverso
Pouco do seu viver é encantado;
Ela deseja o futuro sonhado
De fazer, de cada dia, o seu verso.
 
Devagar, vai conseguindo alterar
De muitos, a rude mentalidade…
De que mulher não é pra respeitar.
 
É certo, que algo mudou com idade;
As mais jovens ousam reivindicar…
E conquistar a sua dignidade.
 

Lucibei@poems
Lúcia Ribeiro
In “Sonetando
MODOCROMIA, Edições
 
 
 
 

 
Lucibei
Enviado por Lucibei em 07/04/2018
Reeditado em 01/11/2019
Código do texto: T6302180
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lucibei
Viana Do Castelo - Viana do Castelo - Portugal, 68 anos
3064 textos (113509 leituras)
14 áudios (1577 audições)
10 e-livros (1748 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/01/20 14:54)
Lucibei

Site do Escritor