Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

T E U N O M E

Ser do teu ser, humilde criatura,
Eis o que sou: parcela do Infinito.
Nasci de ti, tua intenção foi pura.
E hoje canto, pois por ti existo.

O mundo,-um dia, a sorrir disseste,-
O ser eleva aos píncaros do amor.
Acreditei. E em tudo o que fizeste,
Vi que vencias, passo a passo, a dor.

Teu nome é Mãe, sinônimo de Luz,
Que a todos nós aos pés de Deus conduz.
Sou filho teu e, grato eternamente,

Teu ser venero e tenho em minha mente.
Sou filho teu, pra sempre ó Mãe querida!
Nasci de ti! Sou vida de tua vida!
Jaubert
Enviado por Jaubert em 30/08/2007
Código do texto: T630815
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jaubert
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
158 textos (6043 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 08:52)
Jaubert