Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Filho da Rua


 
Há naqueles olhos uma tal dor
E em seu sorriso uma ansiedade.
Lembra-se da "cola" vai pra cidade;
Suprir a revolta, do desamor!
 
 
Perambulando vá para onde for,
Ôco de gestos, amor e piedade.
Urde loucuras sem liberdade,
Sua alma arde, vive sem calor!
 
 
Envolto em simples vestes ele nasceu;
No ócio de seus dias, mendiga:
Cheirando "cola" entra em seu apogeu;
 
 
Tem mãe...pai...mas não tem quem o abrigue.
Pois foi o destino quem o escolheu:
Ser filho da rua, em dias de breu!
 
 
Cecília Rodrigues
Cecília Rodrigues
Enviado por Cecília Rodrigues em 30/08/2007
Código do texto: T631264
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cecília Rodrigues
Viseu - Viseu - Portugal
129 textos (5829 leituras)
5 áudios (546 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 08:22)
Cecília Rodrigues