Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DENTRO DO VALE OLHO AS MONTANHAS.

Dentro do vale olho as montanhas e suas imponências
É farta a presença dos arvoredos em muitas delas
E nas madrugadas nos vem à geada fria e complexa
Requer dos arbustos maior resistência nestas florestas.

Cada eco sistema detém as suas normas intrínsecas
Cascatas serenas e quedas d águas são encontradas
Mas quando na planície aparecem as suas nascentes
Estas se avolumam no encontro destas novas águas.

Nada se equivale quando fracionado ao volume do todo
Muitas umidades nos propiciam o surgimento do lodo
Que é escorregadio e nos requer um olhar para o novo.

Quando a vida emana é uma promessa da Divindade
Para procriar-se é preciso romper-se com a castidade
Mas a sobrevivência é muito mais fértil na honestidade.

PUBLICADO NO FACE EM, 13/06/2018
LUSO POEMAS, 19/06/2018
Miguel Jacó
Enviado por Miguel Jacó em 13/06/2018
Reeditado em 19/06/2018
Código do texto: T6363413
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Jacó
Taubaté - São Paulo - Brasil, 61 anos
2998 textos (174727 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/06/18 23:28)
Miguel Jacó