Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rosa terrestre


Ó! estrela, que si encantou,
E dentro do mar, mergulhou,
Buscando a preciosa pedra do amor,
Perdendo seu brilho e, seu vigor.

Deixaste tua excelência e majestade,
Apostando no amor, de um mundo covarde,
Mas, se decepcionou ao final da tarde,
Pois, não encontrou a cara-metade.
 
Ó! estrela, perdeste o brilho celeste,
Mas, ainda és, uma rosa terrestre,
E tens que continuar perfumando, a vida.

Não entregue o jogo, vá ao final da partida,
Por você e por nós, não desanima,
Toda situação, tem a parte de cima.

Gilmar Queiroz
Enviado por Gilmar Queiroz em 03/09/2007
Código do texto: T636418

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilmar Queiroz
Laranjal do Jari - Amapá - Brasil, 41 anos
250 textos (4758 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 02:04)
Gilmar Queiroz