Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALMA VADIA



Minha alma vadia, sem rumo, sem jeito, sem companhia...
Vagueia meu espírito livre, libertino, liberto, libertário!
Tenho sede da vida vivida envolvida em tantos dias
do passado ainda oculto do futuro num raro relicário.

Das ilusões que me cegaram não guardei a substancia.
Conservei apenas o dom de adentrar nos corações...
Plantei sementes de carinho, floresceram com abundância
inundaram almas carentes com um mar de emoções.

Expandi os meus limites e ultrapassei a resistência.
Perdi-me muitas vezes em oceanos de vaidades
 sempre voltei a mim por vontade e consciência.

Voa meu espírito até onde imagino vá a irrealidade.
E além ele se vai, fluindo ondas com excelência
leva minha alma vadia, ciente de sua verdade.
Liane Furiatti
Enviado por Liane Furiatti em 07/09/2007
Reeditado em 20/01/2009
Código do texto: T642345
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre a autora
Liane Furiatti
Curitiba - Paraná - Brasil
779 textos (36329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 06:50)
Liane Furiatti