Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cidade Maldita

Por entre os loucos de qualquer ano
Entre a areia de Safo e a preguiça
Jaz um burgo de laica enfermiça
Do rei corrupto e desleal soberano.

O burgo é precário, nas mãos do tirano,
Vivendo a serviço da torpe mestiça
Bruxa insulsa que comercia cortiça
Num pântano de moscas jaz o insano.

As prostitutas em andrajos eivados
Beiços pútridos de umas demências
Elas nunca depuradas nas dormências.

Na culpa dos donos das indecências
Rompe o sangue das impertinências
Malditos consortes e torpes tarados.

                            DR DMITRI
Dr Dmitri
Enviado por Dr Dmitri em 10/09/2007
Código do texto: T646539
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dr Dmitri
Itajaí - Santa Catarina - Brasil, 39 anos
74 textos (2885 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 14:24)