Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIBERTAS QUAE SERA TAMEN

A terra me comerá as bondades
As farturas e os festins
Na eterna saciedade, sem querubins
Poesia bela e santa: Cuidado minha rainha

Nem sei se ainda poderás encantar no fim da desdita
Só sei que a morte é algoz, de verdades e mentiras
Só sei que a foice do tempo, decápita rainha e reis
Só sei que o trono tosco que viraliza o desdém

Ainda será ocupado pelo súdito também
Que pode ser eu, voce, ou outro alguém
Que venha trazer bonança, caridade e virtude

Que venha trazer coragem , amor e fraternidade
Para os de bem, reinando de verdade
Junto com a prosperidade do LIBERTAS QUAES SERA TAMEN...
Valéria Guerra
Enviado por Valéria Guerra em 29/10/2018
Código do texto: T6489122
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Valéria Guerra
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3439 textos (120971 leituras)
196 áudios (9317 audições)
3 e-livros (183 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/06/19 20:42)
Valéria Guerra