Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
>DOCE É O AMOR**

Como posso resistir assim cedo
Mal o sol irradia com seus raios
Mas, a palavra esta força estranha
Conduz-me a este amor sem ensaio

Se a saudade apertar no teu peito
O meu silencia acordada ao lado
Tanto amor assim neste canto
Já bebo este cálice em regalo

Sou fiel ao amor dos meus sonhos
Sugo a água cristalina da fonte
Sem cortar a passagem da ponte

Rumo a fora o pensamento já voa
Só um pouquinho sentindo teu afago
A este amor que por tempo é meu fraco

A brisa matinal vem me tocar
Fazendo no meu rosto uma carícia,
Roçando minha pele devagar,
Com toques tão sutis, uma delícia.

Recebo neste vento o teu carinho
E sinto uma alegria sem igual.
Amor quanto adentrou em meu caminho
Da forma mais suave e natural

Mudou a minha história com certeza
Deixando minha vida bem mais leve
Nas águas deste amor, a natureza

Trazendo a mansidão que já me enleve
E faça de meus olhos sonhadores,
Cativos para sempre dos amores...

SOGUEIRA
Marcos Loures

Sonia Nogueira
Enviado por Sonia Nogueira em 13/09/2007
Reeditado em 13/09/2007
Código do texto: T650542

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia Nogueira
Fortaleza - Ceará - Brasil
2369 textos (129070 leituras)
13 e-livros (700 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 01:16)
Sonia Nogueira

Site do Escritor