Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ADEUS!


Cansei de esperar rumos, abrir caminhos,
Vou entrar em qualquer taberna , lugar,
Sem pensar, embriagar em vinhos, ninhos.
 Me abandonar até outra aurora, se chegar.

Vou cortar minhas asas, espinhos sangrarei .
Não mais vou chorar mesmo quando tropeçar.
Não nasci pra aqui ficar, de mim desertarei.
Deixo pra quem quiser minhas letras destroçar.

Consciente, sei que parto sem destino , tino.
Sem apoios, sem nada pensar , mais ousar.
A alma de mim fugiu  louca em desatino.

Se o mundo mudou, ruiu, tento outro.
Neste a emoção acabou, a luz apagou,
Só cacos , pedaço de mim ficou , restou.
14/09/07
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 16/09/2007
Código do texto: T654361
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3365 textos (91951 leituras)
6 e-livros (225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 15:41)
Maria Thereza Neves