Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À RAINHA DO MADEIRA

As águas do Madeira, reverentes,
osculam teus barrancos, tuas matas,
deslizam sobre ti turvas correntes
que vêm desde as andinas cataratas.

Regalos para corações ridentes,
os troncos, peixes, botos acrobatas
invadem as retinas, tomam lentes...
Por isso e muito mais tu me arrebatas!

Decanto-te as feições, nutro a ledice
de quem, aqui nascido, vê cenários
merecedores desse e doutros preitos.

Amada Porto Velho, se não visse
de perto essa beleza, imaginários
presumo que seriam imperfeitos.

_____

Mais um canto à minha terra.
Jerson Brito
Enviado por Jerson Brito em 11/02/2019
Código do texto: T6572389
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jerson Brito
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 46 anos
1669 textos (168078 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/07/19 04:28)
Jerson Brito