Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“RIBANCEIRA”

A lua vai descendo a ribanceira, e prostra-se na beira da calçada
Enquanto no silêncio, enciumada, a moça a ignora a noite inteira
A música transbordante da soleira, em instante inunda a madrugada
A cena vai fechando a jornada, que morre no findar da sexta-feira

O sábado – aleluia – vai chegando, trazendo meu descanso merecido
O tempo já me fez homem crescido, e não pára se'u estou descansando
Nem diga que por Deus veio a mando, pois ele repousou como é sabido
Depois da Criação ter bem cumprido, parou, olhou, seguiu admirando

A prima-obra de beleza incomparável, deixada para toda a humanidade
O homem que traduz toda maldade, sem luz do Criador tão ponderável
Agindo como ser irresponsável, priva o futuro, comprime a eternidade

Priva o futuro, comprime a eternidade, agindo como ser irresponsável
Sem luz do Criador tão ponderável, o homem que traduz toda maldade
Deixada para toda a humanidade, a prima-obra de beleza incomparável

Que morre no findar da sexta-feira, a cena vai fechando a jornada (?)
A lua vai descendo a ribanceira, em instante inunda a madrugada...


                                                         LUDY, obrigado por ligar...
                                                         Espero que faça boa viagem.
                                                         Sds., 22.09.07, 03:18h
                                                       
                                                         Ah, sim... Sobre a vizinha...
                                                         Vou pedir o Alvará, agora...
Lobo da Madrugada
Enviado por Lobo da Madrugada em 22/09/2007
Reeditado em 23/09/2007
Código do texto: T663125

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lobo da Madrugada
Curitiba - Paraná - Brasil
764 textos (337476 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 11:57)
Lobo da Madrugada