Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Algumas palavras, apenas

Era pra ter no silêncio sossego,

Ou pelo menos paz no sem ruído,

Mas ouço ainda um sôfrego gemido

Do coração, que não me dá arreglo.

 

Pudera eu tentar ter resistência,

E com resiliência combatido

As ondas, os embates revestidos

De toda sorte de inconveniências.

 

Porém meus obstáculos infames

São dúvidas mortais que me consomem,

Por mais que em Teus braços sou suspenso.

 

Pedrada mais doída de quem amo,

Chamar, sem ter resposta, por Teu nome,

Vencer por fora quando a mim não venço.

(INSPIRADO NA POESIA *UMA PALAVRA, APENAS* DE WALLACE AMORIM)
Leandro Severo II
Enviado por Leandro Severo II em 25/05/2019
Reeditado em 26/05/2019
Código do texto: T6656245
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leandro Severo II
São Paulo - São Paulo - Brasil, 26 anos
76 textos (3364 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/11/19 15:52)
Leandro Severo II