Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SUPERLATIVO...

Sempre te vi na forma superlativa...
Não eram teus olhos, mas sim estrelas...
Não eram teus beijos, mas sim delícias...
A maneira de quem ama em demasia.

A lembrança que insiste em ser ativa...
Pelos murais e sacadas, na espreita...
A trazer o gosto das tuas malícias...
Num grau maior, a tua teimosia.

Superlativo que me causou a saudade...
Das noites cálidas de pouca tranquilidade...
Num desenrolar que sempre nos aprazia.

Sempre ativos os desejos e a causalidade...
Num grau maior que foi a tua maldade...
Ao me negar o reviver daqueles dias.


Inaldo Santos
Enviado por Inaldo Santos em 11/09/2019
Código do texto: T6742846
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Inaldo Santos
Recife - Pernambuco - Brasil, 57 anos
928 textos (17652 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/19 22:57)
Inaldo Santos