Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ÁGUAS DE SETEMBRO

Abriram-se as comportas nas alturas!
O líquido sagrado é benfazeja
carícia na floresta que bradeja
sob a cortina branca das quenturas.

As setembrinas águas deitam puras
onde o vapor da sequidão rasteja
e aplacam ânsias, nosso chão festeja
o alívio para suas amarguras.

Vestida com as gotas cristalinas
passeia pelos ares a esperança
de dias matizados com beleza.

Não falham nunca as precauções Divinas
para trazer ao mundo mais bonança.
Eu tenho no meu peito essa certeza!

________

Versos inspirados em uma manhã chuvosa na cidade de Porto Velho.
Jerson Brito
Enviado por Jerson Brito em 20/09/2019
Código do texto: T6749441
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jerson Brito
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 46 anos
1710 textos (183068 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/11/19 23:03)
Jerson Brito