Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA CASA

Sentei em minha cadeira predileta
Bem no cantinho direito da sala
Senti o cheiro que a minha casa exala,
Esse prazer, da mente, não se deleta.

Meu querido 'porto seguro'!
Por ele ando até no escuro,
Conheço cada palmo e cada canto,
É um apego é um encanto!

É aqui... que recarrego as energias
As horas de descanso são magias
E meus cansaços se transformam em alegrias.

Minha casa, meu paraíso!
Meu alento, meu sorriso!
Muitos não têm, por isso, valorizo.

Ênio Azevedo
Luciênio Lindoso
Enviado por Luciênio Lindoso em 30/09/2019
Código do texto: T6757355
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luciênio Lindoso
Zé Doca - Maranhão - Brasil, 49 anos
848 textos (13082 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/11/19 18:25)
Luciênio Lindoso