Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O compartimento do amor


Não era a falta de seus beijos que me doía
Nem era a ausência fria do teu corpo ao lado
Tampouco o saciar de minhas fantasias
Ou mesmo o jeito com que me abraçavas

Eu aprendi a frear meus desejos
Condicionei-me a ficar à espera
Me despojei de quantos fossem os jeitos
Que me levassem a alguma quimera

E esse fardo que carreguei
Teve o seu mérito na abstinência
Buscando uma inimaginável paciência

Agora, jaz no esquecimento
Congelado no passar do tempo
Talvez esquecido num compartimento
Edbar
Enviado por Edbar em 02/10/2007
Reeditado em 02/10/2007
Código do texto: T678180
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edbar www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edbar
Recife - Pernambuco - Brasil, 66 anos
3009 textos (86758 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 09:12)
Edbar