Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EM CRISE!!!!

                                       “Meu coração, como um cristal, se quebre
                                                  O termômetro negue minha febre,
                                          Torne-se gelo o sangue que me abrasa
                                                    Ao terminar este sentido poema
                                                   Onde vazei a minha dor suprema
                                            Tenho os olhos em lágrimas imersos...
                                                 Rola-me na cabeça o cérebro oco.
                                           Por ventura, meu Deus, estarei louco?!
                                           Daqui por diante não farei mais versos”

                                                  Augusto dos Anjos, Poema Negro

Dói-me a cabeça agora – como dói
Esse papel em branco à minha frente
Está representando a minha mente
Um verme ao coração – ele corrói...

Um pane no sistema, então, destrói
A luz da alma qu’era incandescente
Apodrecendo o pólen – a semente –,
Da inspiração – matando o herói...

As musas do Parnaso se recolhem
E pégaso está ferido agora...
Tentou mas os abutres sempre o tolhem...

Vazio e meus neurônios mais dispersos
Com essa dor no peito que devora
De hoje em diante não farei mais versos!!!



                                                                03/10/07


Gonçalves Reis
Enviado por Gonçalves Reis em 03/10/2007
Reeditado em 03/10/2007
Código do texto: T678960

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gonçalves Reis
São Paulo - São Paulo - Brasil
1155 textos (75720 leituras)
1 áudios (107 audições)
1 e-livros (51 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 09:49)
Gonçalves Reis