Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR QUE DEVASTA

Que a noite não seja nefasta
que arrasta meu ser na escuridão
coração vitimado de ilusão
sofreguidão do sol à lua não basta.
 
Que a lua cheia desminta certa casta
na pasta onde se esconde o quinhão
pois terão nos sois o que de mim virão
toda extensão do amor que devasta.

A hora morta que de mim afasta
vasta cobrança que deixou lição
visão que aplaca a dose da afeição.

A razão que há de toda a mercê
bem-querer que vasou do coração
porque não, esquecer de você?
Creusa Lima
Enviado por Creusa Lima em 14/02/2020
Reeditado em 19/02/2020
Código do texto: T6866112
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Creusa Lima
Porto Velho - Rondônia - Brasil
60 textos (5047 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/02/20 17:37)
Creusa Lima