Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dias dourados

Com todo platonismo, te amei!
Fuga das fabulas, dos contos e fantasias,
Apenas inocência, quando sonhei,
Mas descobri um mundo de magias.

Se o teu amor, comigo fosse conivente,
Inda hoje habitaria, no teu mundo,
Mas, com esta alegação displicente,
Não mais serei teu pano de fundo,

Teu amor, sempre foi bandido;
Teu olhar fitava outro horizonte;
Teus beijos têm múltiplos perigos;
Teu jeito menina, esconde a fonte.

Inda assim, quero dias dourados,
Quero nossos destinos entrelaçados.
 
   

Gilmar Queiroz
Enviado por Gilmar Queiroz em 11/10/2007
Código do texto: T690416

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilmar Queiroz
Laranjal do Jari - Amapá - Brasil, 41 anos
250 textos (4757 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 00:33)
Gilmar Queiroz