Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 
SONETO DA MELANCÔLIA


Serena e na timidez do teu olhar
Da adolescência trouxe-me à memória,
A juventude que insiste em não se acabar
Aonde tudo era belo e de amar se morria

Na paz do teu olhar assim tão displicente
Fujo para um mundo mágico sem maldade
E sonho com minha amada ouvindo Roberto.
Ah meu Deus, naquele tempo já havia felicidade

O teu olhar guia-me com ternura e esperança
Traz-me paz e sonhos na minha madrugada
Lembrando-me teu quente aperto de mão

O teu olha traz-me a infinita lembrança
Da inocência da primeira namorada
Aquela que primeiro tocou meu coração.



Imagem google
BARRETT
Enviado por BARRETT em 07/04/2020
Reeditado em 08/04/2020
Código do texto: T6909660
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
BARRETT
Salvador - Bahia - Brasil
866 textos (78723 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/05/21 22:01)
BARRETT